quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Mobilizações

27 Fev
- Guarda, 18h00, junto ao Governo Civil

- Viseu, 17h00, Auditório Mirita Casimiro

- Castelo Branco, 21h00, Vigília frente ao Governo Civil

28 Fev

- Aveiro, 21h00, vigília frente ao Centro Comercial Oita

29 Fev

- Torres Vedras, 20h15 , Vigília junto aos Paços do Concelho
- Braga, 21h00,
1 Mar
- Viana do Castelo, 16h00, Praça da Républica
- Porto, 16h00, Av. Aliados
- Lisboa, 16h00, Instituto Português da Juventude (Rua da Polícia)
3 Mar
- Évora, 18h30, na Praça do Geraldo
- Leiria, 17h00, na Praça Rodrigues Lobo
4 Mar

- Faro, 18h00, frente ao Forum Algarve e deslocação à DREALG (com presença de Mário Nogueira)
5 Mar
- Vila Real, 18h30, Escola Secundária de S. Pedro e deslocação até ao Governo Civil
6 Mar

- Portimão, 17h30, frente à Câmara Municipal
- Seixal, 21h30, Junto ao Fórum Cultural do Seixal
- Santarém, 16h00 Rotunda junto ao CNEMA (Centro Nacional de Exposições)
8 Mar
- Lisboa, 14h30, Alto do Parque Eduardo VII - Marcha da Indignação


35 comentários:

Anónimo disse...

Manifestação no 29 de Fevereiro, às 21.30, na Av. Central - Braga. traz uma vela

fm disse...

Aveiro:
Manif amanhã, 28 de Fevereiro pelas 21 horas em frente ao Centro Comercial Oita na Avenida Dr. Lourenço Peixinho.

RS disse...

Boa..Braga....

TempoBreve disse...

Aqui, Braga!

Sexta-feira, 21:30, Avenida Central.
Todos- E "traga um amigo também". Sou vosso colega.

Nota: Parabéns pela vossa iniciativa. Não esmoreçam. A vossa/nossa participação no "PRÓS e CONTRAS" foi positiva. Falarei disso no meu bogue. Ainda hoje.

Paco disse...

Amanhã, dia 28 às 19:00 h, em Beja, frente ao Governo Civil.
É só um "aquecimento" para dia 8 em Lisboa.

Anónimo disse...

E no Porto não volta a haver concentração antes da manifestação nacional (8 de Março)?
Penso que é necessário aproveitar a dinâmica que está em curso e voltar a haver concentração no Porto.
Se no dia 23 eram cerca de 1000, penso que de uma próxima vez serão muitos mais professores. Seja com ou sem apoio dos sindicatos, o que é preciso é mostrar a indignação perante a imagem que o ME está a criar dos professores.
Vamos lá marcar uma nova data!!!!

Urze disse...

Dia 8 lá estaremos.. Encontramos-nos em Lisboa,,,

vento do sul disse...

Beja


Beja - dia 4 , 21h

Traz uma camisola, casaco ou outra coisa preta.... e uma vela para acendermos e mostrarmos que ninguém apaga a chama da nossa esperança!!!!!!!!!

RS disse...

Lá estarei Braga e LX.....

Quintanilha disse...

Porque será que nos sucessivos Governos, desde o 25 de Abril, não houve um único ministro da Educação que agradasse ao professores e seus sindicatos?
Vão mas é trabalhar!
Olhem que estão enganados. A maioria dos portugueses não está convosco nem com a vossa luta.
Há coisas mais importantes do que o umbigo dos professores!
Quero ver qual será a vossa posição quando o PR declarar apoio ao Governo e à coragem para pôr ordem num sector que anda sem rei nem roque há décadas!

Touro Zentado disse...

Viana do Castelo, Praça da República, dia 1 de Março, 16.00h

Anónimo disse...

Dia 4 de Março com a presença de Mário Nogueira??? Mas então que é feito do "PROFSEMLUTA é um movimento de professores independentemente de qualquer filiação organizacional (partidária ou sindical)(...)"???
Não resvalem... Não resvalem...

JB disse...

uma sugestão, como o fuso horario é o mesmo em todo o pais, porque não marcar uma vigilia nacional, em cada localidade, sim que há pessoas que não podem ir lisboa, marquem vigilias no mesmo dia mas em locais diferentes, pensem naqueles que não têm possibilidades financeiras quase que para comer, muito menos para visitas a capital...

Touro Zentado disse...

Espero que ninguém caia no erro de insultar ou maltratar aqueles que aqui vêm insultar ou criticar de forma destrutiva.
Usem o vosso tempo para esclarecer. É isso que nos vale e não o contrário.

carlos disse...

É claro que o Porto vai voltar a manifestar-se. É já no dia 1 de março, 16 horas, em frente à Câmara.
Com um trapo preto ou não, o que interessa é que apareças! Sem falta.

Anónimo disse...

Vamos lá pessoal!!! Lx dia 8!!! Organizem-se nas vossas escolas! Quantos mais melhor!`
Eu lá estarei. Juntos venceremos!!!
M*

Helena disse...

Concordo com o touro zentado. Nada de baixar o nível com as pessoas que nos mandam trabalhar!! Não percamos tempo com essas pessoas. Até porque ser insultados diariamente no nosso local de trabalho, nomeadamente pelos nossos alunos, é a nossa profissão. Estamos vacinados. Há que manter o nível quando nos dirigimos a todos, incluindo à senhora ministra. Não podemos perder a razão com palavras duras. Temos que fazer ver que o que nos estão a pedir com esta avaliação é BUROCRACIA E PASSAGEM ADMINISTRATIVA DOS ALUNOS e isso não pode acontecer. Continuo a pensar que devíamos fazer UM CONGRESSO ANUAL SÓ COM PROFESSORES.

Ana C. disse...

À semelhança do que tem acontecido em vários capitais de distrito, também em Lisboa vai haver uma mobilização de professores no dia 1 de Março, às 16 h, no IPJ.

A hora é de união, independentemente da cor política ou sindical. Há uma coisa que todos temos em comum: somos professores e estamos a ser humilhados enquanto assistimos à completa degradação do nosso sistema de ensino. A situação é ainda mais grave para todos os que, como eu, têm filhos.

Por isso, seria bom estarmos em massa no dia 1 no IPJ não só para nos informarmos mas também para mostrarmos que não nos vergamos. Não me canso de repetir o que diz a canção: "Vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar!"

Já não há espaço para os NINS.

Anónimo disse...

Força Professores! Vamos vencer esta guerra!!!

um das artes disse...

E dentro das escolas, nada se faz?
E nas reuniões, não há declarações a registar nas actas, não há denúncias de incongruências e injustiças, não há manifestações de dificuldades na implementação da justa e reflectida avaliação dos alunos?
Que tudo isto se faça em paralelo às manifestações de rua, para que não pareça que a calma rotina da escola se mantém!

um das artes disse...

A força também se deve manifestar dentro das escolas, registada nas actas das diversas reuniões.

Força, força, que "ela" vergará!

Anónimo disse...

confirmem-me, por favor, a hora e o local da manifestação em Braga.
Dia 29 de Fev lá estarei.

ana disse...

Alguém comentou no blog a educação do meu umbigo que vai haver uma inspecção na escola de Ribeirão, a escola daquele professor que falou no Prós e prós. É verdade?

Rika disse...

De 200 há uma semana passámos a 3000 hoje em Aveiro... Sempre a aumentar até dia 8!!!

Alentejanus Desesperatus disse...

ÉVORA - ÉVORA - ÉVORA

3 DE MARÇO

18H 30M

PRAÇA DO GERALDO

TODOS À PRAÇA DO GERALDO!

Manuel da Silva disse...

No dia 8 a concentração é no Marquês de Pombal. O anterior local não comportava tanta gente como a que se está a prever

CarmenV disse...

Concentração em Santarém, 6 de Março na Rotunda junto ao CNEMA (Centro Nacional de Exposições) pelas 16 horas, a Ministra vai lá estar.
Divulgem!!

Gustavo Faria disse...

Gostava que o nosso Primeiro Ministro conseguisse perceber que vai perder uns quantos votos com esta brincadeira toda...

Estarei em Santarém. Estarei em Lisboa.

Anónimo disse...

Tomem cautela colegas pois certos Presidentes do CE de algumas escolas estão a interpretar este decreto regulamentar de forma muito pessoal e a estabelecer parâmetros de avaliação altamente prejudicial par os docentes. São pessoas sedentas do poder que anseiam, há muito, que tal situação ocorresse para finalmente domar, dizem eles, a nossa classe.
Actuam discretamente sempre em prol do bem da escola, intimidando ou conquistando a simpatia dos mais ingénuos. É claro que serão candidatos ao cargo de Presidente da escola, eis aqui a verdadeira oportunidade de sentir e viver o poder! Se forem seleccionados, terão em mãos 50% da avaliação de cada docente. Pensem nas desastrosas consequências!
Já são muitas as denúncias, não se calem e peçam ajuda se necessário, informem se, registem em actas todas as ocorrências que considerem serem uma ameaça para os docentes, é um direito que todos devem reclamar. Lutem pela escola democrática e pelos vossos direitos!
Apareçam todos dia 8 de Março em Lisboa, chega de desculpas financeiras e familiares. Quem não tem família, quem não tem despesas? Não há lugar a cobardia! Qual será a vossa postura no dia 10, após a manifestação, perante todos aqueles que lá estiveram? Qual a vossa desculpa? Vamos TODOS mostrar à Sr.ª Ministra que não vamos ceder nem recuar. Se esta está indiferente às nossas manifestações como o proferiu perante a comunicação social, vamos TODOS JUNTOS COM A NOSSA PRESENÇA EM LISBOA dar -lhe motivo para preocupação. Sindicalizados ou não, todos terão transporte grátis por isso apareçam! Ninguém irá impor este processo de avaliação a toda uma classe unida que numa só voz diz NÃO! Lá estarei com muitos senão todos os colegas da minha escola!
Um bem-haja a todos!

Anónimo disse...

Transportes grátis? Cá pra mim depois ainda vos fazem umas demonstrações de tupperwares e aspiradores!
Eu cá, prefiro pagar o meu transporte!
Lá estarei dia 8 em Lisboa!
Amanhã, farei o aquecimento em Évora!

Anónimo disse...

dia 5 - 4ª feira pelas 6h 30m junto à estátua Alfredo da Silva no Barreiro. Vamos manifestar a nossa indignação.
Dia 8, vai ser um oceano de profs. em Lisboa

Anónimo disse...

Correcção
Dia 5 - 4ª feira pelas 18h 30m junto à estátua Alfredo da Silva no Barreiro. Vamos manifestar a nossa indignação.
Dia 8, vai ser um oceano de profs. em Lisboa

Francisco Almeida disse...

O SPRC . FENPROF realiza uma concentração de professores, em Lamego, no próximo dia 5 de Março (quarta-feira), pelas 17.00 H, frente à Escola Secundária Latino Coelho.
Aos professores sobram razões para lutar
Não faltes !

Francisco Almeida - Viseu

elsa disse...

Espero um mar de gente em Lisboa... falam de uma onda; proponho um tsunami! Com muita calma e educação, afinal somos ou não "educadores"? (já tenho algumas dúvidas...), muito preto, muitas velas e o célebre lencinho branco. Estaremos juntos! É desta que nos unimos!
Já agora... será que a D. Milu se aguenta até sábado????

Anónimo disse...

Continuem, continuem, para que todo o País possa confirmar aquilo de que já se suspeitava, a falta de nível a todos os títulos)dos professores que alinham (e só esses) nesta chuchadeira.
Com os elevados gastos na educação (em percentagem do PIB)e os péssimos resultados obtidos, querem que o desbarato prossiga.....um bocadinho, só um bocadinho, de bom senso não lhes ficava mal!